quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Geometria Sagrada




Reconexão - Frequências Ressonantes - Aspecto Fractal da Holografia Universal - 
Geometria Sagrada

Formas geométricas são as "escrituras" da criação da Vida, descrevem o crescimento, a interação e a integração de todos os sistemas existentes, conhecidos ou ainda desconhecidos, desde as forças que promovem as ligações atômicas dentro dos átomos, em suas formas, das mais simples às mais complexas, até a composição de galáxias.

Geometria sagrada é o idioma configurado dos componentes elementares da força criadora que dá origem a toda a Vida e, como tal, oferece um canal direto da Consciência com a Fonte.

Esta linguagem ultrapassa o perímetro dogmático do intelecto para transmitir o conhecimento que existe para além, e fora do alcance, da religião, filosofia, crença ou descrença.

Geometria sagrada é uma "linguagem" pura, que não se importa com o país de seu nascimento, a cor da sua pele ou suas crenças culturais. Ela expressa a harmonia da inter-relação que está no cerne da criação, a transmissão de padrões de frequência que ressoamcom o projeto original da Humanidade.

O código de DNA humano é construído sobre vias de frequências de ultra-organizada Inteligência creativa. A infra-estrutura vibratória deste projeto está escrito na linguagem geométrica de luz.

O SER Humano é o órgão sensorial para a ascensão planetária e a Terra é o órgão contra ressonante para a ascensão humana.

Nos tornamos conscientes dos nossos campos de energia e das vibrações das frequências eletromagnética e da importância em nossa neurobiologia e bioquímica. Através das descobertas feitas na área da genética, vamos nos tornando conscientes de que há uma ciência conjunta a espiritualidade, e que nossa química afeta nossa consciência. Levando isso ainda mais adiante, agora estamos fazendo a conexão entre o estado mutante do nosso DNA e as insanidades global de genocídio, guerra e sofrimento humano sem fim. A consciência dessa conexão é a próxima revolução que está a caminho e que levará irremediavelmente ao fim destas insanidades.

A Humanidade desperta para uma nova consciência do seu existir, do seu corpo como um organismo, que é parte integrante da realidade existencial, e somos levados a adquirir domínio sobre nossos próprios mecanismos internos e a descobrir como podemos interagir e co-crear a realidade em que nos encontramos. Em vez de procurar a experiência fora do corpo, a fim de realizar a nossa identidade espiritual, estamos começando a compreender que o nosso ser físico é a manifestação dessa identidade, é o instrumento desta realidade dimensional que conhecemos como física e material, e passamos a perceber que os veículos físicos em que encarnamos é o que nos permitirá transcender esse medo baseado na realidade limitada e, a crear, através da ressurreição de nosso potencial humano, um novo paradigma - uma idade de ouro.

Essa consciência da comunhão com geometria sagrada é um aspecto fundamental do despertar evolutivo da Humanidade.

Incorporados na matriz da Humanidade - que é 'escrita' na linguagem da geometria sagrada da luz e formas (axiatonal) e está fora do alcance de qualquer tipo de manipulação - a infra-estrutura primária de toda a existência é luz ...tudo é luz ...


À medida que interagimos com as frequências composta de um amplo espectro de Luz, Energia e Informação, entramos em comunhão com as frequências mais elevadas de creação que ressoam com o nosso projeto original da Humanidade, tal como existia antes da modificação genética do DNA humano.
Uma das mais importantes descobertas da nova física quântica é a natureza holográfica do universo.
E cada Humano é um aspecto fractal da holografia universal.

A linguagem geométrica de luz que forma a matriz subjacente a este holograma é o alfabeto do novo paradigma.

Devido à sua modificação genética, a presente manifestação da raça humana não está representando a potência total desse holograma. No entanto, o 'molde' para o modelo imortal ainda existe na matriz original incorporados na matriz Humanos, ou seja, ainda reside dentro de cada um, em 'modo de espera' para ser reconectada.

Quando interagimos com os seus campos de influência informacional sua irradiação energética emite uma frequência que comunga com a infra-estrutura vibratória do nosso projeto original, em busca de uma frequência com a qual ressoamos. Através deste feedback , desta retroalimentação ressonante, a integridade estrutural do modelo original Humanos, presente na matriz original, é reforçada.


Reconexão é quando a 'matrix de controle' é desligada e a 'matriz original' é reconectada.

Quando um projeto específico e a progressão destes códigos de criação geométrica é reconectado com os códigos de som, luz e cores (axiatonal) a biblioteca de lembrança no córtex cerebral está envolvida, uma alquimia neuro-química inicia em coerência ativa entre a infra-estrutura vibratória da Alma em reconexão com a superestrutura do corpo físico. Esta coerência no fluxo de dados da identidade do projeto original da Humanidade, antes de modificação genética, é entregue como informações de amplo espectro de frequências de luz e informação na forma de circuitos magneticoelétricos para ser integrado pelo sistema de circuitos eletromagnéticos "coração-corpo-mente". Assim, o corpo humano ressonante com a matriz original é o "cálice sagrado" da Fonte manifesta.
Seu corpo é a matriz física da sua inteligência divina reconectada a Fonte de TUDO O QUE É.

Como a consciência onisciente se expande através do "download" do conhecimento divino natural, através do sistema de troca, interelação de circuitos magneticoelétricos - eletromagnéticos, sua matriz física se altera em conformidade. Com a aceleração de infiltrados Sistemas Inteligentes em coerência ressonante desta matriz original com o sistema coração-mente-corpo, as capacidades computacionais do indivíduo são atualizadas exponencialmente para acomodar mais e mais circuitos ... A inteligência cada vez mais amplificada, em um círculo de espiral e sempre crescente de evolução consciente.


( Inteligência = Interligare = capacidade de fazer ligações)

Geometria, e a redefinição de Deus como a Fonte de TUDO O QUE É, na psique humana

A definição equivocada de Deus é uma manipulação das mais malévola e poderosas da consciência. Este micélio de fraude foi perpetrada em uma miríade de formas, incluindo a manipulação de recordação histórica e a inserção de uma ancestralidade falsas. Essa herança falsa tem entrincheirados dentro da psique a dualidade arquetípica dos modelos demoníaca e angelical, (bem e mal) criando conflitos em camadas mais profundas de referência de comportamento humano e resultando em feridas profundas de abandono, de separação espiritual e traição.

O influxo de Inteligência da Fonte entregue pelos bio-circuitos reconectados ativa nossa identidade essencial. Inicia uma limpeza da arena arquetípica, não por reprogramação, mas por sintonizar o sistema coração-mente-corpo em ressonância coerente com o projeto original do Homem, que é incorporado na matriz Humanos.

Estes circuitos, uma vez restabelecidos, dissolvem, desintegram a vergonha e culpa baseada em construções da ideologia meramente intelectual predominante. Definições errôneas de Deus, enraizadas pela regência da doutrinação das religiões, que reinaram supremas dentro da arena arquetípica da psique humana, são substituídos com a verdade ressonante das frequências geometricas da criação, uma verdade que não é imposta ao indivíduo com as imprecisões dos dados reunidos historicamente, mas que se desdobra como um resultado de alinhamentos orgânicos instigada pelo reencontro com a Fonte.
A Geometria Sagrada

A natureza alquimica da geometria tem uma frequência harmônica ressonante com ativação diretiva da Vida, que é transmitida a partir do Coração do Cosmos e do pulso receptivo de integração que emana do núcleo cristalino do planeta Terra. Este código geometricamente replica o "namoro tântrico" da criação. A unidade individual Humanos do circuito é o mediador conjugal dessas duas frequências de criação, ressuscitando o templo do corpo humano como o recinto sagrado para o casamento sagrado da "Mãe da Forma" e do "Pai da Consciência".

Transmutar o modelo histórico de comportamento cultural (e da linguagem patriarcal que emprega) para transcender a estrutura dualista da psicologia atual, escoltando-o para a arena de experiência alquímica, inicia cura das feridas de abandono e traição que têm perseguido a raça humana.


Cura é uma reconexão do campo eletromagnético do ser humano com o campo da grade eletromagnética da Terra que por sua vez conecta para a magnitude do impulso magneticoelétrico da Vida, que emana incessantemente de Núcleo Galáctico/Fonte/Universo Inteligente.

O abraço do modelo holonômico que governa toda a existência ressuscita o potencial para a auto-rejuvenescimento, que é o nosso estado natural.

Somos uma raça imortal "trancada" em um paradigma mortal.

Através de reconexão com a pura energia da Consciência Fonte, através da reconexão de circuitos, a identidade do núcleo imortal abraça a matriz divina original da forma que é o corpo físico, e que define o ser humano como um instrumento de luz e amor da benevolência da Criação.

Através da experiência, única e particular da Reconexão abrimos uma porta, vai atravessar?


É tempo de RecONEctar!

Fonte: Facebook Karla Kinhirin

Instrutor TA The Reconnection®
Cura Reconectiva®
A Reconexão ®
Informações : info@ReconectarBrasil.com


www.ReconectarBrasil.com

Art&xperiência em Tecnologia de Evolução

É permitido compartilhar desde que seja respeitado o artigo original, os créditos ao autor e indicação dos links.
#ReconectarBrasil #KarlaKinhirin #ÉTempoDeRecONEctar


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

A LEI METAFÍSICA DA MANIFESTAÇÃO – VISÃO HOLOGRÁFICA SOBRE A CURA

O universo não funciona numa lógica humana e, sim, cósmica. 
A lei é muito simples e prática. 
Tudo que quer receber seja dos outros ou do “universo” segue um princípio básico: você precisa manifestar primeiro em você.Manifestar é o que antecede o materializar.

 O que quero dizer é que a manifestação é o modelo interno que você cria de como quer estar e se sentir em sua vida. Isto também vale para as emoções e comportamentos. Se você não se respeitar, se aceitar, se apoiar, se acolher, dificilmente sua realidade refletirá isso de volta para você e muito menos as pessoas lhe darão aquilo que você ainda não se permite manifestar em você. É importante se dar primeiro para que o outro reflita de volta para você.Não espere o outro lhe apoiar, seja o seu próprio apoio. 

Se quiser viver uma realidade próspera ou manifestar um ótimo relacionamento afetivo, é necessário por um momento manifestar dentro de você com clareza e foco. Lembre-se a materialização de um evento segue a sua manifestação e ela é sempre interna. 
Seja sempre o primeiro para você e se dê tudo..

Horácio Frazão

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Dor e sofrimento....




Toda dor, desconforto, bloqueio que projetamos fora - encontrando nos outros os culpados para nossas dores - estão na verdade dentro de nós. Aquilo que você pensa que é seu chefe, marido, vizinho, filho provocando em você... Somos nós mesmos. Toda dor é uma atualização de alguma ferida inicial, não olhada, amada, tratada... e que precisa de atenção. A dor é um alarme... caímos no velho buraco! E Quanto mais olhamos fora de nós, menos chegamos perto da liberdade que tanto desejamos e mais nos afastamos do remédio. ♡ Precipitadamente, queremos nos libertar, instantaneamente, dos desconfortos. Não queremos olhar para o que incomoda dentro e então, atacamos, acusamos, rejeitamos os outros, e o pior de tudo... atacamos a nós mesmos por não integrarmos e acolhermos um pedaço de nós. Um pedaço que está tentando mostrar que existe uma parte nossa, lá trás, perdida no passado, que não foi amada. Seu papel hoje é integrar tudo isso. Seu papel é se autoconectar, deixar fluir a energia bloqueada.Parar de olhar para fora e começar a se dar o Remédio que só existe dentro... que nunca virá de fora: Amor por você mesmo e para todos os seus bloqueios emocionais. Você precisa parar de se endurecer e resistir e sim deixar que finalmente as emoções possam se mover e ir embora. Você pode fazer isso se autoconectando com você mesmo todos os dias... silenciar, deixar as camadas da cebola irem saindo... entenda que a dor nova é apenas a ferida antiga te chamando para uma GRANDE CURA ♡

por Ariana Schlösser

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Você está projetando?


Veja o que você está fazendo. É fácil reconhecer quando se está projetando? Uma dica é a negatividade — a projeção nunca é neutra. Ela se manifesta como uma energia negativa porque o que está sendo camuflado é negativo. Isso acaba sendo um auxílio. Você sabe quando está se sentindo zangado ou ansioso. Esses são sentimentos sombrios. Mas, quando você está direcionando sua raiva a alguém, ou alguma coisa, ou vendo razões para temer por toda parte (a negatividade está presente), você tem um exemplo claro de projeção.

Você está projetando? 
Aqui estão as formas típicas que a projeção pode assumir: Superioridade. "Eu sei que sou melhor que você. Você deveria ver e reconhecer isso." Injustiça. "É uma injustiça que essas coisas ruins aconteçam comigo" ou "Eu não mereço isso."

Arrogância. "Tenho orgulho demais para me incomodar com você. Até sua presença me irrita."

Defensiva. "Você está me atacando, então, não estou ouvindo."

Culpar os outros. "Eu não fiz nada. É tudo culpa sua."

Idealizar os outros. "Meu pai era como um Deus quando eu era pequeno", "Minha mãe era a melhor mãe do mundo" ou "O homem com quem eu me casar será o meu herói". Preconceito. "Ele é um deles, e você sabe como eles são" ou "Cuidado, esse tipo de gente é perigosa."

Ciúme. "Você está pensando em me trair; posso ver isso."

 Paranoia. "Eles querem me pegar" ou "Eu vejo a conspiração que ninguém mais vê". Sempre que um desses comportamentos surgir, há um sentimento oculto na sombra que você não consegue encarar.

Aqui estão alguns exemplos: A superioridade camufla o sentimento de fracasso ou o de que os outros o rejeitariam se soubessem quem você realmente é.

A injustiça camufla o sentimento de pecaminosidade ou a sensação de que você é sempre culpado. A arrogância camufla a raiva acumulada e, abaixo dela, há uma dor profundamente arraigada.

A defensiva camufla a sensação de que você é indigno e fraco. A menos que você se defenda dos outros, eles começarão a atacá-lo. 

Culpar os outros camufla a sensação de que você está agindo errado e deveria se envergonhar. Idealizar os outros camufla a sensação de que você é uma criança fraca e indefesa, que precisa de proteção e cuidados.

O preconceito camufla o sentimento de que você é inferior e merece ser rejeitado. O ciúme camufla seu próprio impulso de desvio ou um senso de inadequação sexual.

A paranoia camufla uma ansiedade entranhada e sufocante.

Como você pode ver, a projeção é muito mais sutil do que se imagina. No entanto, é uma porta aberta para a sombra. É uma porta dolorosa, já que aquilo que é visto como falha nos outros mascara seu sentimento em relação a você mesmo. O ideal seria que pudéssemos parar de culpar e julgar de uma vez por todas. Na realidade, desfazer a sombra é sempre um processo. Para interromper a projeção, você precisa enxergar o que está fazendo, entrar em contato com o sentimento oculto sob a superfície e fazer as pazes com esse sentimento.

fonte de Luz: O efeito sombra-Deepak Chopra et al.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Autoconfiança Invexológica


Introdução. Na sociedade existem diversos padrões pelos quais a grande maioria das pessoas são influenciadas diariamente, que se seguidos sem autocrítica podem fixar-se ao modo de uma zona de conforto. São repetições de ações que a consciência (ego, personalidade) faz em sua vida, e acaba criando uma espécie de bolha ao seu redor, da qual não consegue sair devido a um conjunto de crenças que na realidade não lhe ajudam a evoluir para novos patamares. A título de exemplo, desde muitas gerações diversas pessoas vem seguindo este padrão: nascer, crescer, casar, reproduzir herdeiros e morrer. Para renovar este ciclo costumeiro da vida já na fase da juventude, por meio da aplicação da técnica da inversão existencial, é essencial obter a autoconfiança invexológica.


Definição. A autoconfiança invexológica é a condição de reconhecer-se capaz de atuar sobre as decisões relativas à aplicação da técnica da inversão existencial, possuindo segurança e convicção na realização de ações evolutivas diante de fatos e parafatos.


Travões. Perante a nossa existência existem diversos travões que podem se manifestar impedindo a autoconfiança do jovem inversor, os quais podem ser impedidores para a realização da proéxis (programação existencial), ou seja, a missão de vida que jovem inversor programou antes dessa existência no seu período intermissivo (período entre duas vidas).


Exemplos. Após estudar sobre os travões da autoconfiança, eis a seguir 3 exemplos que podem travar a autoconfiança do jovem inversor, seguidos de reflexões geradoras de autoenfrentamento:
Paragenética. São as características que a consciência armazenou através das experiências em outras vidas e durante o seu período intermissivo. Essas características se manifestam na atual existência simultaneamente com a genética. A consciência (ego, personalidade) pode trazer determinados traumas, defeitos, carências e fobias nesta existência que podem ter origem da paragenética.


Reflexão. Quais características de origem paragenética que atrapalham minha autoconfiança perante as decisões que procuro enfrentar? Quais traços que se manifestam em mim que não parecem ser apenas desta existência?
Genética. A herança genética que recebemos de nossos antepassados, seja ela de características físicas como doenças, ou não físicas como comportamentos e o modo como analisamos e avaliamos os fatos, podem ter influência genética.


Reflexão. Quais características minha são de origem genética que atrapalham minha autoconfiança? Tem mais pessoas na minha família com a mesma característica? Qual a predominância?
Mesologia. São as características que a consciência desenvolve sendo influenciada no ambiente em que vive (sociedade). Exemplos são as indústrias do álcool, dos esportes radicais, da estética, do tabagismo e da moda influenciando nas manifestações pessoais do jovem, ao modo de fuga do enfrentamento quanto a si mesmo, sendo, portanto, negativas para a autoconfiança.


Reflexão. Qual o grau de influência da mesologia sobre mim que me atrapalha no desenvolvimento da minha autoconfiança? Quais traços fardos (trafares) que eu tenho, que provavelmente obtive através da mesologia?





Carências. Muito comuns na sociedade, existem diversos tipos de carências, como por exemplo a de tipo afetiva, a energética, a sexual, a intelectual e a de coragem. O nível e o tipo de cada carência variam de pessoa para pessoa. Sabe-se que uma das grandes origens da baixa autoconfiança, são as carências que podem ter origem paragenética, genética ou das influências da mesologia.


Reflexão. Você tem algum grau de carência afetiva, energética, sexual, intelectual ou de coragem? De onde surgiu essa carência? Qual desses três predomina mais em você? A origem paragenética, genética ou a mesologia? Quais traços fardos (traços negativos) que isso gerou em você que atrapalha em sua autoconfiança?


Superficialidade. Existe também uma autoconfiança superficial, ou autoconfiança falsa, pois é uma autoconfiança que vai se basear em meios externos, e não na sua própria capacidade. Ela pode ser derivada de 3 aspectos, listadas a seguir em ordem alfabética:
Heteroaceitação. Neste caso a consciência procura indícios externos para que pensem bem dela, sendo uma busca constante por aceitação caracterizada na realidade por uma falta de auto-aceitação, de modo que a consciência busca nos outros aquilo que não tem. E caso os outros não pensem bem dela, a pessoa decide menosprezar o próximo, para assim se sentir segura. Existe também o caso das consciências que se fazem de vítimas para receber elogios, e se acharem especiais. Neste caso se colocam abaixo das outras pessoas e acham que os outros são superiores, desse jeito se fazem de vítima, para que os outros digam que ela é especial, para assim se autoafirmarem e terem elogios para acabarem se sentindo “melhor” dessa forma.
Heteroimagem. A autoconfiança, quando baseada em uma heteroimagem, ou seja, hetero = externo, de fora, e imagem = representação da imagem que a pessoa tem de si baseada no que os outros pensam dela, possui seu valor vinculado ao externo e medido pela aprovação do grupo em que convive.
Muletas. Este tipo se caracteriza pela consciência procurar ter autoconfiança através de meios externos fazendo disto como se fosse uma “muleta”, a qual sempre vai precisar para se “segurar”, ou seja, para sentir-se autoconfiante. Pode-se dizer também que seria uma autoconfiançacompensiva. A partir do momento que a consciência não alcança o que planejou ou perde esta muleta, ocorre a frustração. Por exemplo: O jovem vai à academia para trabalhar seu corpo com a intenção de ficar musculoso, para assim adquirir autoconfiança. Essa autoconfiança vai ser baseada em meios externos, nesse caso o seu corpo. Vamos supor que este jovem sofra um acidente, e seu corpo nunca volte ao normal, então vai acontecer que essa autoconfiança vai ser quebrada e pode gerar uma frustração, pois ele tinha feito o corpo como uma muleta, o qual estava cheio de expectativas perante a isso.








Trafares. Eis abaixo outros exemplos de traços fardos (trafares), ou seja, traços negativos e ações emocionais desequilibradas que a consciência pode ter desenvolvido através da paragenética, genética ou mesologia (lembrando que, a consciência pode ter os 3 influenciando, mas um é o predominante).


Perfeccionismo Agressividade Maledicência


Ansiedade Dispersão Traumas e fobias


Medo de críticas Vaidade Autoculpa


Controle patológico Manipulação Arrogância


Competição Medo da interação social Autocorrupção


Exibicionismo Medo desconhecido Dogmas


Desenvolvimento. O desenvolvimento e qualificação da autoconfiança é um processo demorado, que não vai ser mudado de uma hora para outra. Eis a seguir 6 maneiras para auxiliar no processo de desenvolvimento da autoconfiança sadia, listadas em ordem alfabética:


1. Autoconsciencioterapia. A Consciencioterapia é a especialidade da Conscienciologia destinada ao estudo da terapia sob o enfoque do paradigma consciencial. Neste artigo podem ser encontrados diversas técnicas de autoconsciencioterapia que com toda certeza podem ajudar na autoconfiança (clique aqui para acessar o artigo).


2. Intencionalidade. Outro fator importante no desenvolvimento da autoconfiança é aintencionalidade. Antes de querer desenvolver a autoconfiança, é bom sempre se perguntar: Qual minha intenção no desenvolvimento da autoconfiança? É uma intenção saudável, assistencial, livre de carências? Ou é uma intenção patológica, com a intenção de “os outros me verem que estou melhorando?” Qual a real importância da autoconfiança para mim


3. Interação. Muitos jovens têm dificuldade em interagir com as outras pessoas no dia a dia, isso não ajuda em aumentar a autoconfiança, e sim pelo contrário, apenas prejudica. Uma forma prática de interagir com diversas pessoas é ter a seguinte intencionalidade: Eu posso conhecer essa pessoa, ajudar ela de alguma forma e também aprender coisas incríveis. Quais os traços força que ela tem que eu ainda não percebi? Quem tem dificuldade em interações sociais deve começar com coisas pequenas ações, como por exemplo: pedir uma informação no cinema sobre o horário do filme, comentar sobre o clima com alguém, pedir as horas, e assim por diante, utilizando pequenos assuntos que dão ganchos para começar uma boa conversa. Na experiência pessoal deste autor, através de pequenas interações com pessoas desconhecidas foi possível ajudar diversas consciências e também aprender muito, além de desenvolver habilidades sociais. Esta técnica, além de ajudar na autoconfiança, vai lhe ajudar também na comunicação e outras diversas qualidades que você pode adquirir com ela. Mas é sempre importante atentar para a intencionalidade, avaliando sempre a qualificação de sua intenção ao ir interagindo com desconhecidos e conhecidos para não criar vaidade, exibicionismo e outros traços negativos.


4. Reconciliação. Refletir: o quanto eu ainda me encarrego de culpa de algum fato do passado? Para realizar a auto e hetero reconciliação, recomenda-se o livro Autocura Através Da Reconciliação, da autora Málu Balona. A seguir uma entrevista com a autora sobre o assunto:


5. Reconhecimento. A positividade e o reconhecimento das ações positivas que o jovem faz ou já fez são muito importantes para o desenvolvimento da autoconfiança, ainda mais para o jovem que por não ter tanta experiência intrafísica, acaba achando que não fez muitas coisas importantes para sua evolução. É importante que reconheça todas as decisões e ações que você já fez e foram positivas para você, aprendendo a valorizá-las. No livro Autocura Através Da Reconciliação, já citado anteriormente, existe uma técnica que indica realizar uma lista de 100 autoafirmações realistas, que lhe darão mais gás, perante as ações do dia a dia.


6. Traços. Quais os traços fardos (trafares), que eu tenho que são prejudiciais para minha autoconfiança? E quais os traços fortes (trafores) que eu tenho que podem me ajudar a superar estes traços e melhorar minha autoconfiança perante as decisões invexológicas? A seguir um vídeo a respeito da técnica:

Lembrete. A autoconfiança não quer dizer saber tudo e sim estar seguro que é capaz de aprender sempre coisas novas e compartilhar suas experiências por menor que sejam. A partir deste artigo convido você leitor ou leitora, trabalhar a sua autoconfiança e explorar da melhor forma sua existência, que com certeza já incrível e ainda poderá ser mais! Como diz a frase: “Assim que você confiar em si mesmo, você saberá como viver.” (Johann Goethe)



Referências:
Arakaki, Kátia; Auto-estima e proéxis; Artigo; Conscientia; Revista; Vol. 5; N. 3; Centro de Altos Estudos da Conscienciologia; Foz do Iguaçu, PR; Julho-Setembro, 2001; páginas 98 a 106.
Araújo, Ana Luiza de Carvalho; Bichara, Felippe Feres; & Araújo, Leopoldo Freitas;Perfeccionismo: Autoconhecimento e Desapego dos Ideais Perfeitos; Artigo; Conscientia; Revista; Vol. 18; N. 1; Centro de Altos Estudos da Conscienciologia; Foz do Iguaçu, PR; Janeiro-Março, 2014; páginas 48 a 58.
Balona, Málu; Autocura Através da Reconciliação; 3ª Ed.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2009; páginas 103 a 107.
Musskopf, Tony; Autenticidade (Intrafisicologia); Artigo; Conscientia; Revista; 5; N. 1; Centro de Altos Estudos da Conscienciologia; Foz do Iguaçu, PR; Janeiro-Março, 2011; páginas 03 a 21.
Pedroso, Thatianna; Antiperfeccionismo na Invéxis; Artigo; Conscientia; Revista; Vol. 9; N. 2;9(2): Centro de Altos Estudos da Conscienciologia; Foz do Iguaçu, PR; Abril-Junho, 2005; páginas 187 a 193.
Teles, Mabel; Profilaxia das Manipulações Conscienciais; 2ª Ed.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2011; páginas 63 a 74.
Vicenzi, Luciano; Coragem para evoluir; 3ª Ed.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2012; páginas 40 a 72.


FONTE:https://assinvexis.org/autoconfianca-invexologica/:

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Pensamentos de Trigueirinho


"Decide, de uma vez por todas, ir além de ti mesmo".
"Teus problemas atuais são de pequeno porte diante dos problemas que surgirão para a humanidade. Prepara-te para ajudar".
"Crescerás em consciência e capacidade à medida que te tornares flexível".
"Já examinastes qual é a tua prioridade na vida?"
"Pede ao teu coração confirmação interna de tudo o que fores decidindo".
"Ao se polir o diamante é que sua beleza se revela. Faz o mesmo contigo".
"Tocado por vibrações elevadas, perceberás tuas ilusões e poderás dissolvê-las".
"Tua consciência, que antes vagava, agora se converte em consciência-luz".
"Volta-te para os mundos imateriais e invoca a luz da tua alma para seres guiado".
"Tudo de que dispões deve tornar-se instrumento de serviço à humanidade nesta época crítica".
"Teu espírito é imortal, mas precisas deixá-lo ascender".
"A rendição do ego é requisito para a liberação do espírito".
"Estás na fronteira da grande mudança".

(Extraídos dos livros "Um Chamado Especial" e "A Trajetória do Fogo")
Fonte http://www.marcelodalla.com/

domingo, 29 de maio de 2016

Os 9 Insights-Profecia Celestina






1. Estamos redescobrindo que vivemos em um mundo profundamente misterioso, cheio de repentinas coincidências e encontros sincronísticos que parecem do destino.

2. Quanto mais pessoas acordarem para esse mistério, mais poderemos criar uma nova visão mundial – redefinindo o universo como energia sagrada.

3. Nós descobriremos que tudo ao nosso redor, toda matéria, consiste e vem de uma energia divina que estamos começando a entender.

4. Sob esta perspectiva, podemos ver que seres humanos sempre se sentiram inseguros e desconectados da fonte sagrada e também tentamos obter energia dominando um ao outro. Essa é a causa de todo conflito humano.

5. A única solução é cultivar a sua conexão pessoal com o divino, uma transformação mística que nos preenche com energia e amor ilimitado, ampliando nossa percepção de beleza, e nos levando a um maior auto-conhecimento.

6. Com esse conhecimento/percepção, podemos liberar nosso padrão de comportamento controlador, e descobrir uma verdade específica, uma missão, que estamos aqui para compartilhar e que nos ajuda a evoluir a humanidade a este novo nível de realidade.

7. Na busca dessa missão, podemos descobrir uma intuição interior que nos mostra onde ir e o que fazer, e se tivermos interpretações positivas, nossa intuição atrairá um fluxo de coincidências que abre as portas para nossa missão.

8. Quando o número suficiente de pessoas entrar nesse fluxo evolucionário, sempre dando energia ao Eu Superior de todos que conhecermos, construiremos uma nova cultura onde nossos corpos evoluirão a altos níveis de energia e percepção.

9. Dessa forma, participaremos dessa longa jornada da evolução do Big Bang ao nosso propósito de vida: energizar nossos corpos, geração por geração até enxergarmos o céu.

Mensagem:

Todos nós temos um propósito de vida e escolhemos diversos caminhos para chegar ao nosso eu interior. Usamos nossa intuição, nossos insights, nossa energia e nosso corpo físico para evoluir.

A expansão da consciência evolui a cada dia que passa acelerando nosso desejo interior e nosso chamado. Basta ouvir aquela voz interior que temos e que nos guia como um compasso através do nosso coração e da nossa alma. Qualquer caminho é válido.

Basta esse caminho ter coração e alma.

Veja o filme: A profecia celestina